Dentro da água é possível vivenciar situações desafiadoras que desenvolvem melhor capacidades físicas e habilidades motoras. A natação é importante para o desenvolvimento motor por auxiliar a melhora da capacidade física e habilidades dos praticantes, ajudando ainda a desenvolver a coordenação de membros superiores e inferiores, agilidade, equilíbrio e lateralidade possibilitando melhora no processo de aprendizagem.

Para os profissionais da educação a natação é a atividade mais completa por ter uma quantidade menor de restrições e por ser um esporte de grande valor para o desenvolvimento físico e para o amadurecimento corporal.

A Psicomotricidade na Educação Infantil é um meio de auxiliar o desenvolvimento das crianças, por meio de experiências motoras, cognitivas e socioafetivas indispensáveis à formação. Sendo assim, a Psicomotricidade envolve toda ação realizada pelo indivíduo e integra o psiquismo e a motricidade, visando um desenvolvimento global com foco em aspectos afetivos, motores e cognitivos que levam o indivíduo à tomar consciência do seu corpo por meio do movimento (ARAÚJO; SILVA, 2013).

A psicomotricidade baseia-se em uma concepção unificada da pessoa, que inclui as interações cognitivas, sensoriomotoras e psíquicas na compreensão das capacidades de ser e de expressar-se, a partir do movimento, em um contexto psicossocial. Ela se constitui por um conjunto de conhecimentos psicológicos, fisiológicos, antropológicos e relacionais que permitem, utilizando o corpo como mediador, abordar o ato motor humano com o intento de favorecer a integração deste sujeito consigo e com o mundo e outros sujeitos (COSTA, p. 26, 2002).

Como a natação é considerada um dos esportes mais completos e o que tem uma quantidade menor de restrições, a natação é um instrumento de grande valia para o desenvolvimento físico da criança. Também se pode afirmar que em se tratando do desenvolvimento motor, sua participação é clara referente à construção do esquema corporal e no desenvolvimento de amadurecimento corporal (DOURADO, 2013).

A atividade aquática pode ser praticada sem restrições desde o nascimento, beneficiando desde então o indivíduo, com o objetivo de promover a maturação do sistema nervoso, por meio de estímulos. Na prática psicomotora aquática, a liberdade de expressão e de experimentação de vivências, facilita a descoberta do corpo e das relações que ele pode oferecer. (PENHA; ROCHA, p. 36, 2010).

CategoryDicas
Todos os Direitos Reservados © 2017 Athletics Sports desenvolvido por: E-Consulters Web